Home

Artigos

O que é uma craniotomia e quais são as indicações?

Data: 07/09/2020

O que é uma craniotomia e quais são as indicações?

A Craniotomia é uma abertura cirúrgica realizada no crânio com a finalidade de ter acesso ao cérebro.

De acordo com especialistas, as amostras mais antigas de crânios com Craniotomias são datadas de 6.500 a.C. e foram encontradas na França.

Sabe-se também, que este tipo de cirurgia era comum entre os antigos egípcios, chineses, indianos, romanos, gregos e as primeiras civilizações da América Central, com o intuito de livrar as pessoas de “demônios” que causavam fortes dores de cabeça.

Existem alguns relatos que eram utilizadas cascas de nozes para realizar o fechamento da Craniotomia.

Passando rapidamente para nossa atual realidade, hoje temos disponíveis no mercado alguns motores de auto giro, conhecidos também como Drill, elétricos ou pneumáticos, que são manuseados por neurocirurgiões devidamente treinados para executar o procedimento.

A forma mais comum de realizar o fechamento do crânio é usar telas ou placas de titânio, fixadas diretamente no osso.

 

Quando e porque é necessário fazer uma Craniotomia?

Esta cirurgia pode ser indicada para retirar tumores cerebrais, reparar aneurismas, corrigir fraturas do crânio, aliviar a pressão intracraniana em casos de traumas e remover coágulos do cérebro(AVC).

O local a ser realizado a Craniotomia, é planejado pelo neurocirurgião e deve respeitar alguns critérios, como grandes vasos sanguíneos, local da lesão a ser retirada, entre outros.

 

Vou ter que raspar todo meu cabelo?

Essa é uma questão que aflige muitos pacientes que serão submetidos a Craniotomia, principalmente as mulheres. Ao longo do tempo podemos observar que o bem estar e autoestima dos pacientes, influenciam diretamente no sucesso do procedimento, sendo assim, alguns cirurgiões realizam o corte do cabelo somente onde será realizado a abertura do couro cabeludo.

Fale sempre com o seu cirurgião sobre os medos e ansiedades, peça sempre sugestões e juntos decidam o melhor a ser feito.

 

O que é a Neuronavegação?

Dentro das maravilhas da tecnologia médica, existe um equipamento capaz de orientar o neurocirurgião durante a Craniotomia, como se fosse uma “Bússola de Navegação”.

Esses equipamentos são chamados de Neuronavegadores e são capazes de guiar o cirurgião  em tempo real, proporcionando mais precisão nas Craniotomias e consequentemente cirurgias mais seguras aos pacientes.

 

Craniotomia com o paciente acordado, é possível?

teste

A resposta é sim.

Em uma equipe multidisciplinar, com os equipamentos de monitorização corretos, a Craniotomia com paciente acordado é uma realidade. Casos onde a lesão se localiza em importantes regiões do cérebro, tais como regiões da fala, motora e memória, é necessário realizar a total ressecção da lesão sem causar outros danos ao paciente.

Geralmente é realizada uma anestesia local em conjunto com uma sedação, onde o paciente responde a comandos e depois não se lembrará de nada que aconteceu, sendo assim, não haverá nenhum trauma psicológico.

Agora que você sabe o que é, para que serve, quais são as indicações da Craniotomia e por que contar com uma equipe especializada para realizar este procedimento, procure sempre um profissional qualificado e que esteja antenado com a evolução da neurocirurgia.

 

Melina Corazza